domingo, 15 de abril de 2012

Almanaque Disney 136 (4º Episódio da História de Patópolis)


E agora uma boa surpresa!
A 1ª Saga a ser iniciada pelo QP
tem hoje o seu 4º episódio :)
O Venicio Nunes envia-nos a 4ª parte
desta história de grande significado
no Universo Disney!
Os episódios anteriores podem ser
encontrados nas revistas:
MK 359, TP 207, MK,360
Divirtam-se com este AD de 1982!
Obrigado Venicio!



Download
Scan: Venicio Nunes
Tratamento de Imagens: Quadradinhos Patópolis

23 comentários :

  1. Obrigado a todos os que participaram nestes Almanaques Disney hoje colocados. Apesar de gostar dos personagens e livros Disney em geral, os Almanaques da década de 80 são muito especiais para mim.
    Um abraço a todos.
    Nuno

    ResponderEliminar
  2. Perfeito, breve enviarei o ultimo episodio da saga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Venicio! Ficamos a aguardar

      Eliminar
  3. Carlos15/4/12

    Obrigado pelos ótimos Almanaque Disney, Miguel. Com certeza, junto com os Disney Especial e Tio Patinhas, as melhores publicações da época de ouro dos Gibis.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15/4/12

    Concordo com o colega acima, adoro os almanaques Disney da década de 80, que sempre trazia histórias memoráveis. Tenho esta revista desde quando tinha por volta de 6-7 anos, como presente de meu pai, que me doou as revistas em quadrinhos (todas da Disney!) que ele guardava como apreciador destas histórias. A revista estava um pouco danificada, sem capa, mas anos depois, já na década de 90, consegui encontrar esta revista em bom estado de conservação numa banca de revistas usadas aqui da minha cidade e desde então tenho as 2 revistas guardadas cuidadosamente! A saga a História de Patópolis é surpreendente, e nela praticamente os ancestrais dos principais personagens Disney se cruzam (inclusive do Mickey, Pateta e Zé Carioca, quem diria!), além dos patos e do Professor Pardal, é claro. Muito boa esta postagem, vocês fizeram uma bela escolha, este número do Almanaque Disney é fascinante. Existe um Disney Especial que também traz toda a série italiana da História e Glória da Dinastia Pato, muito boa também, vale a pena conferir. Abraços e meus agradecimentos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16/4/12

      Acho que vale a pena referir que esse Disney Especial também está aqui no blog em

      http://quadradinhospatopolis.blogspot.pt/2011/01/disney-especial-100.html

      Eliminar
  5. Mesmo sabendo que vou comprar o volume de A História de Patópolis estou sendo tentado a ler esse.

    ResponderEliminar
  6. Bruno15/4/12

    Caramba! Além dos 3 Almanaques Disney,temos a cont.da saga de patópolis!
    Um Obrigado DUPLO pro Venicio Nunes por retomar a saga e pros colaboradores do blog pelos almanaques!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16/4/12

    Valeu mesmo!!! É muito bom poder reler estas histórias que marcaram a nossa infância.

    ResponderEliminar
  8. Este foi o domingão do Almanaque Disney!!!! Que venham mais! Excelente revista, pena que terminou em 2005.... Ainda vamos ver muitos outros ADs por aqui!!!! um abraço a todos!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo16/4/12

    Muito boa essa idéia de compartilhar as sagas e/ou séries publicadas pela Abril nos anos 80/90

    Uma sequência que também seria interessante seriam os scans de: Zé em Patópolis, Urtigão in Rio, Comando Laser, Zé Carioca no Brejo, Urtigão na Amazônia e A Patrulha Estelar(esta já é do final dos anos 70)

    ResponderEliminar
  10. Anónimo16/4/12

    Olá, amigos, eu conheço as séries Urtigão in Rio (engraçadíssima, circulou nas revistas do Urtigão e Zé Carioca da década de 90), Comando Laser e Patrulha Estelar (década de 70 e início dos anos 80), mas as séries Zé em Patópolis, Zé no Brejo e Urtigão na Amazônia, de fato, eu nunca ouvi falar!! Fiquei muito curioso, alguém saberia me dar maiores informações sobre essas histórias? Foram publicadas nos anos 2000? Por favor, quem souber maiores detalhes, me responda aqui. Aguardo retorno e muito obrigado desde já pela atenção! Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16/4/12

      A série Zé em Patópolis, como o nome indica, é uma série na qual o Zé Carioca vai até Patópolis e encontra os personagens de lá (Gastão, Margarida, Prof. Pardal, Vovó Donalda, Mickey, Clarabela, Biquinho, etc.). No inducks é esta aqui:

      http://coa.inducks.org/subseries.php?c=JOC+in+Duckb

      As outras não conheço, mas também estão no inducks:

      http://coa.inducks.org/subseries.php?c=JOC+visits+MOE
      http://coa.inducks.org/subseries.php?c=Moe+Amazonia

      Abraços!

      Eliminar
    2. Anónimo17/4/12

      Oi, amigo, muito obrigado pelos esclarecimentos! De fato, algumas dessas séries acima mencionadas eu não conhecia e fiquei muito curioso para ler estas histórias. A do Urtigão na Amazônia ou Zé no Brejo devem ser engraçadíssimas! Quanto ao Zé em Patópolis, parece ser muito divertida, afinal, a maior parte das histórias do Zé se passa no subúrbio do Rio de Janeiro (Brasil) e deve ser bacana ver o Zé reencontrar suas origens americanas junto aos demais personagens. Sei que na década de 60, nos primeiros números da revista do Zé Carioca (que alternava com os da revista do Pato Donald), o Zé contracenava normalmente com Donald, Tio Patinhas, sobrinhos, Gastão, Pardal, Mickey, Pateta e outros, mas depois descobri que, devido à carência de histórias originais com o papagaio, os artistas da Editora Abril costumavam substituir Donald ou Mickey nas histórias que recebiam dos estúdios Disney, e colocava o Zé como protagonista. Esta série ficou conhecida como "Zé fraude" no sentido de que foram histórias ambientadas no universo de Patópolis e cujos protagonistas (que normalmente seriam Donald ou Mickey) eram substituídos pelo papagaio brasileiro. Vamos torcer para que os amigos postem essas séries aqui. Mais uma vez obrigado e abraços!

      Eliminar
  11. evandrops16/4/12

    Eu conheço a série Zé em Patópolis. Nela o Zé é convidado a visitar a cidade dos patos e se encontra com a maioria deles. Esta série se passou no ano de 1986 entre os n° 1772 e 1781 da revista Zé Carioca. Teve histórias em outras revistas comoo Mickey 421 por exemplo.A saga Zé no Brejo se passou em 1993 nos n° 1980 a 1983 do Zé Carioca que vai conhecer o sítio do Urtigão. A série Urtigão na Amazônia foi muito boa. O Urtigão vai conhecer as histórias e lendas da Amazônia em plena Amazônia acompanhado do Cão e da Firmina. É engraçadíssima e gostaria muito de vê-la postada aqui.Ela foi publicada em 1993 entre os n° 146 e 153 do Urtigão.Teve outra série da qual você não falou, a Urtigão in Rio em que o Urtigão vai ao Rio aprender muitas malandragens com o Zé Carioca. Foi publicada bem no início de 1992 entre os n° 121 e 129. Espero ter satisfeito a curiosidade. Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17/4/12

      Oi, Evandrops, muito obrigado pelos esclarecimentos! Realmente, eu não conhecia estas séries a que vc se referiu e vou torcer para que em breve elas possam ser postadas aqui neste blog. Devem ser muito engraçadas e interessantes. Ah, me chamo Wesley e moro no estado do Rio de Janeiro, Brasil, e como todos vocês, sou um fã dos quadrinhos Disney. Abraços!

      Eliminar
  12. Wesley18/4/12

    Oi, Miguel, obrigado pela dica! A partir de agora então postarei meus comentários me identificando. A respeito da série História de Patópolis, vale lembrar que esta série brasileira foi publicada na íntegra na revista Tio Patinhas Especial número 4, publicada em 1987! Considero interessante que os roteiristas tenham criado e imaginado um passado fictício para a cidade dos patos, pois creio que foi exatamente com o estabelecimento de uma cidade como cenário onde se desenrolariam as histórias e aventuras dos principais personagens que deram um aspecto mais realístico aos personagens Disney. Essa mudança de foco se pode perceber comparando-se os primeiros desenhos animados e as histórias primitivas do Mickey, Donald e Pateta (que normalmente contracenavam juntos) ao lado de Horácio e Clarabela, cujas histórias possuíam um enredo tipicamente infantil e cômico, ou então mais próximo da fantasia e dos sonhos, como acontecia com as histórias envolvendo os personagens da floresta (Lobão e os três porquinhos, Branca de neve, Peter Pan, Alice no País das Maravilhas etc.). A criação de Patópolis (acredito que por Carl Barks) deu um aspecto mais antropomórfico aos personagens. Assim, chega a ser curioso que patos (Donald, Tio Patinhas e sobrinhos), ratos (Mickey e Minie), boi e vaca (Horácio e Clarabela), papagaio (Zé Carioca) e cães (Pateta) coexistam ao mesmo tempo com seus congêneres de mesma espécie, mas agindo e se comportando como seres humanos adultos, que ao mesmo tempo que falam, andam, planejam, pensam e se divertem, também exerçam seu domínio sobre outras criaturas. Por exemplo, em muitas histórias, os personagens acima citados criam seus próprios animais (a Vovó Donalda possui inclusive sua criação de patos!), e embora o Pateta seja um cão antropomorfizado, ele age e se comporta como humano e não como um simples cão, tais como o Pluto e o Banzé...na verdade, essa temática de se usar animais como protagonistas de histórias infantis é uma tradição antiga, que tem entre como seus principais representantes os fabulistas Esopo e Fedro no mundo greco-romano, e mais tarde esta tradição foi retomada por La Fontaine (A Formiga e a Cigarra), Irmãos Grimm, Hans Christian Andersen e George Orwell (a Revolução dos Bichos), isto apenas para citar alguns da rica e vasta tradição da literatura infantil. Creio que o nome que se dá a isso seja prosopopéia, em que os autores fazem animais agirem e se comportarem como humanos, normalmente encenando histórias com um pano de fundo moral. Portanto, reitero o que afirmei acima, foi exatamente Patópolis que aproximou o mundo dos personagens Disney do nosso mundo real, capitalista, às vezes desumano (devemos lembrar as atitudes mais enérgicas e gananciosas do Tio Patinhas em sua gana por dinheiro e mais riquezas), revestindo os quadrinhos Disney de um conteúdo não mais exclusivo para o mundo infantil, mas para todas as idades. Talvez seja esta uma das possíveis explicações (mas não a única!) porque nós, pessoas adultas, maduras e de nível universitário, tenhamos tanto gosto pela leitura dessas revistas. Abraços e mais uma vez obrigado pelo espaço. Acho interessante compartilharmos algumas análises e impressões sobre essas histórias tão fantásticas e maravilhosas que fizeram parte de nossa formação. Até mais...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente comentário, rico de detalhes.

      Eliminar
  13. Anónimo9/5/12

    esta saga vai mesmo ser postada completa? é que aparentemente só o Tio Patinhas especial 4 é que possui a saga completa uma vez que acrescentaram alguns capítulos que não existiam na publicação original como o episódio "patópolis na idade da pedra" e "embarcando numa galera furada".
    E agora parece que lançaram ou estão prestes a lançar uma edição especial com ainda mais episódios

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Sim em principio iremos postar o 5º e ultimo episódio (Mk 361). A revista que se refere TPE4 de facto acrescenta mais 2 episódios e será postada se tal for possível mas para já o que está planeado é a postagem dos 5 capítulos originais!

      Eliminar
    2. Anónimo9/5/12

      Obrigado pela resposta e por proporcionar a todos nós estas verdadeiras relíquias

      Eliminar
  14. realmente, anos 80 época marcante nos quadrinhos. depois disso, nos anos 90 em diante houve poucas publicações novas. Entre elas o ídolo Don Rosa. Mas a era de ouro, anos 50 a 80, podemos contemplar principalmente nos anos 80, devido a varias publicações com replises de históras, como Disney Especial, Almanaque Disney e Edição Extra. Grande abraço a todos os colaboradores.

    ResponderEliminar

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Sweet Tomatoes Printable Coupons